As caralhotas (pão) de Almeirim



Nem todos conhecem a palavra caralhotas ou o que o significa exatamente. Um nome bastante curioso e caricato que faz lembrar tudo menos o que é.

Mas aqueles que já ouviram falar certamente não se esquecem. As caralhotas são o pão tradicional de Almeirim que acompanha a sua famosa sopa da pedra.

Um pão muito saboroso, de miolo suave que gentilmente se desfaz ao colocar na boca e com uma textura de forno de lenha que não engana. Um pão que identifica Almeirim e que também a promove numa relação recíproca.

Estivemos a ler um artigo muito interessante que explica as caralhotas no seu todo…

O nome caralhotas nasce por causa dos pequenos pedaços de massa que ficavam nos alguidares da massa, parecidos com os borbotos das camisolas.

Este artigo fala de Emília Caldeira, uma padeira artista de Almeirim que “trata as caralhotas por tu” e atrai os curiosos e turistas que procuram saber o que são ou deixam-se contagiar pelo cheirinho a pão quente que se faz sentir na rua Moçambique.

 “É uma arte que já vem dos avós e bisavós de Almeirim. A caralhota é feita com farinha, água, sal e fermento. Mas o segredo está na forma como se bate a massa. Tem de ser num alguidar de barro, sempre a bater até pingar o suor. Até a massa fazer bolhas”, diz Emília Caldeira, pode ler-se no artigo.

Leia o artigo aqui.

Anúncios