Empregos de padaria


872089655_1_644x461_painel-de-azulejos-60-cm-x-45-cm-padaria-padeiro-forno-fabrico-po-lisboaÉ um padeiro ou pasteleiro e está à procura de emprego?
É uma empresa empregadora e està à procura de um colaborador?
Envie-nos a sua oferta que publicaremos no nosso site receitaspadaria.com
Aqui seguem os dados que deve facultar

  • Empresas:
    • nome da empresa ou do estabelecimento
    • morada completa
    • função e descrição
    • contactos
  • Colaborador
    • nome da pessoa
    • regiões ou localidades onde pode/pretende trabalhar
    • funções
    • contactos

Envie-nos para receitaspadaria@gmail.com.

Anúncios

Receita Pão Tigre


Massa
Farinha 10Kg
Água 6l
Sal 200g
Fermento 200g
Melhorante 100
Papa
Farinha de arroz 1Kg
Fermento padeiro 20
Açucar 50

 

Preparação da papa

Coloque a farinha de arroz, o fermento de padeiro, o açúcar e o óleo num recipiente e misture manualmente. Vá acrescentando água até ficar em papa enquanto mistura.

Na amassadeira espiral, coloque a farinha, o sal, o melhorante e a água e amasse em 1ª velocidade durante 3 minutos e 7 minutos em 2ª velocidade. Adicione o fermento nos 3 minutos finais de amassadura.

Preparação da massa

Divida a massa em empelos de 3Kg e corte e enrole em unidades de 100 g na Divisora Semiautomática de 30 unidades. De seguida, coloque a papa em cima das unidades de massa e deixe levedar durante 30 minutos.

Por último, leve ao forno elétrico a uma temperatura de 220 ºC durante cerca de 15 minutos.

Receita Pão de Deus


Farinha 10
Água 1,5l
Sal 200g
Fermento 250g
Melhorante brioche 500g
Margarina 1,5Kg
Ovos 40 un
Açúcar 1,5
Côco q.b.

 

Coloque todos os ingredientes dentro da tina da Amassadeira Espiral e amasse em 1ª velocidade durante 3 minutos e cerca de 12 a 15 minutos em 2º velocidade.

De seguida, retire a massa para o Estancador e deixe levedar durante 30 minutos.

Depois de levedada, leve a massa em empelos de 8Kg e corte na Divisora Manual em 20 unidades, ficando com unidades de 400g.

De seguida, enrole manualmente as unidades de massa e acrescente o coco na parte superior.

Deixe levedar novamente durante 1 hora.

Por último, leve ao forno elétrico a uma temperatura de 180 ºC durante cerca de 30 minutos,

Pão Alentejano no Porto


Uma prova de que o pão e a sua indústria ainda tem muito caminho por trilhar, muito por onde fermentar. Esta casa é apenas mais um exemplo de que o pão é uma excelente ferramenta gastronómica ao serviço do turismo português.

Leia o artigo completo aqui:https://nit.pt/buzzfood/restaurantes/intrigo-pao-alentejano-casa-gigante-no-porto

Festival do Pão de Albergaria 2017


Nos passados dias 9, 10 e 11 de junho de 2017 realizou-se mais uma edição do Festival do Pão em Albergaria-a-Velha, Aveiro.

Quem teve a oportunidade de visitar este Festival sabe o que verdadeiramente aqui se respirava: pão português. Do Minho ao Algarve, passando pelas Ilhas, o Festival do Pão de Albergaria-a-Velha foi uma verdadeira mostra da padaria portuguesa com cerca de 50 produtores e expositores de pão. No recinto, os visitantes puderam apreciar e escolher o pão que preferem, que mais gostam. As regueifas à moda do Porto, o pão tradicional de Gimonde, o bolo do caco da Madeira, o pão saloio da região Oeste, o pão de Ul, o pão de água transversal a todo o país, o pão alentejano e outros tantos.

Um evento que conta com várias dinâmicas durante os três dias como show cookings, padaria ao vivo em trabalho direto para o público, workshops, percursos aos moinhos… Mas que, tendo em conta o reportório de fotografias e vídeos divulgados na página de facebook https://www.facebook.com/festivalpaodeportugal/ deveria apostar em demonstrações focalizadas no pão e não na cozinha à volta do pão: demonstrar como se fabrica o pão desde a farinha na amassadeira até à saída da massa no forno, da importância do repouso das massas, como se boleia um pão redondo ou uma bica, trabalhos que parecem simples mas apenas conhecidos por quem trabalha na padaria. Este deveria ser o foco de um festival de pão.

Porém, apesar desta perspetiva, o Festival do Pão é uma iniciativa que merece ser valorizada pois eleva o alimento que nunca falta na mesa dos portugueses.

Parabéns à Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha pela iniciativa e um bem haja a todos os que estiveram presentes neste evento.

Pão branco tão saudável como pão de centeio


É bem verdade para nós. Este artigo do site zap.aeiou desmistifica a ideia de que pão branco é menos saudável que outros pães como o pão de centeio, pães escuros e com mais tempos de fermentação.

Leia o artigo completo: https://zap.aeiou.pt/afinal-pao-branco-pode-tao-saudavel-pao-integral-fermentado-162567

Livro “O Pão em Portugal”


Uma das grandes obras literárias da padaria portuguesa tem o nome de “O Pão em Portugal”. Um livro que respira a tradição do pão português alimentada por imagens fortes que apetecem saber mais e mais sobre esta arte.

“O Pão em Portugal” de Paulo Chagas e Mouette Barboff:

Wook.pt - O Pão em Portugal

 

Livro “Great Moments” de Teresa Henriques


Teresa Henriques, um dos principais rostos do Cake Design português, reúne mestres, profissionais e amigos em torno da pastelaria criativa.”

Livro Great Moments Teresa Henriques

Ao lado do marido e da filha, já premiados com a medalha de ouro num dos mais conceituados concursos europeus de cake design, Teresa Henriques confeciona, neste livro, uma viagem à volta do mundo e do nosso imaginário, usando o açúcar como meio de transporte. Com a ajuda de outros cake designers portugueses e estrangeiros, nomeadamente o italiano Felice Siccardi e o americano Mike Elder, estrela do programa Ultimate Cake Off, a autora constrói monstros, vedetas, unicórnios, palhaços ou ovelhas, não esquecendo os inevitáveis bolos de casamento. Além de se fazerem acompanhar de dicas, todos os elementos de cada criação são explicados passo a passo e imagem a imagem. No fim, o texto bilingue (português/inglês) surpreende com três secções adicionais. Aqui encontra receitas de vários géneros de bolos, instruções para preparar diversos tipos de recheio e esclarecimentos sobre as técnicas básicas do cake design, ou seja, uma súmula da arte de modelar, esculpir e forrar bolos.

Fonte: https://www.wook.pt/livro/great-moments-cake-design-teresa-henriques/15287039

Livro “O Frio no Setor Alimentar”


O livro “O Frio no Setor Alimentar”, autoria de António José da Anunciada Santos, é uma obra direcionada para a aplicação do frio no setor alimentar.

Livro-O Frio-no Setor Alimentar

No site da editora podemos ler:

Esta obra destina-se aos profissionais do setor alimentar que, de uma forma ou de outra,
estão ligados à conservação dos produtos pelo frio, e aos estudantes do ensino superior e
profissional, no apoio das disciplinas relacionadas com esta temática.

Fonte: http://www.engebook.com/2/11997/O-Frio-no-Setor-Alimentar

Livro “Pão das Mulheres” de Mouette Barboff


O Livro “Pão das Mulheres” é uma obra de língua portuguesa lançada por Mouette Barboff no início de 2017.

Livro Pão das Mulheres

No site da editora Âncora podemos ler:

Suportado por intenso trabalho de campo realizado pela autora, Mouette Barboff, ao longo dos anos 1980 e 1990, Pão das Mulheres é um verdadeiro repositório de práticas, técnicas e costumes que envolvem o cultivo e a colheita de cereais, a moagem do grão, a amassadura, a tendedura, a cozedura e o consumo do pão doméstico, de trigo, de centeio, de mistura e de milho.
É também, e talvez principalmente, um documento sobre o contexto social e o espírito de solidariedade, sobre crenças e rituais de fecundidade usados nas referidas operações, e registados em quatro comunidades localizadas em três zonas distintas: no Alentejo, numa cooperativa perto de Santiago do Cacém; Sabugueiro, no contraforte norte da serra da Estrela; Castro Laboreiro e Soajo, no Alto Minho. Pão das Mulheres é uma obra ímpar sobre o pão caseiro em Portugal, que pretende contribuir para a valorização das mulheres do campo e da cultura do pão do nosso País.
Fonte: http://www.ancora-editora.pt/index.php/component/hikashop/product/423-pao-das-mulheres